Relação entre enxaqueca e nutrição funcional

A enxaqueca afeta cerca de 11 a 17% dos adultos que moram em países ocidentais, sendo mais comum em caucasianos do que em africanos ou asiáticos.

A ideia de que a enxaqueca pode ser desencadeada por alimentos ou bebidas tem sido descrita desde 1778, sendo que os principais desencadeadores parecem ser queijos, chocolate, frutas cítricas e bebidas alcoólicas. Estudos antigos já relatavam que a eliminação de determinados alimentos (e aditivos) era capaz de prevenir as crises de enxaqueca ou diminuir o número de sintomas.

Além dos medicamentos, por meio da Nutrição Funcional também é possível auxiliar na prevenção e no tratamento da enxaqueca. Abaixo, citarei os principais nutrientes e fitoterápicos que podem auxiliar no tratamento: Magnésio, Vitaminas do complexo B, Coenzima Q10, ácido lipoico, Petasites hybridus, Tanacetum parthenium e o Ginkgo biloba.

Por se tratar de uma patologia multifatorial, outros fatores devem ser considerados na prevenção e tratamento da enxaqueca. Para tanto, consulte seu médico de confiança e o nutricionista para evitar carências nutricionais.

Referências: LEONARDI, M.; STEINER, T.J.; SCHER, A.T. et al. The global burden of migraine: measuring disability in headache disorders with WHO´sClassification of Functioning, Disability and Health (ICF)

GROSSMANN, M.; SCHMIDRAMSL, H. Na extract of Petasites hybridus is effective in the prophylaxis of migraine. Int. J. Clin Pharmacol Ther.


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
No tags yet.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2016 Copyright Victor Silvestre by Chegaaê!

  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle